#Fórumcast, o podcast da Fórum
21 de outubro de 2019, 09h21

Salles critica Greenpeace por dizer que limpeza do óleo nas praias deve ser feita por equipamentos especializados

Sem uma resposta e ações contra o contínuo vazamento de óleo que está poluindo o litoral do nordeste, ministro do Meio Ambiente usa redes sociais para atacar ONGs e adversários políticos, enquanto a população se mobiliza para limpar as praias

Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente (Divulgação)

Sem uma resposta e ações contra o contínuo vazamento de óleo que está poluindo as praias do nordeste, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, foi às redes sociais nesta segunda-feira (21) ironizar um vídeo do Greenpeace, em que a organização diz que não está atuando na limpeza das praias porque a operação deve ser feita por pessoas e equipamentos especializados.

“O Greenpeace ‘explicou’ porque não pode ajudar a limpar as praias do Nordeste…. ahh tá…”, ironizou o ministro.

O vídeo foi divulgado pelo próprio Greenpeace, explicando dúvidas sobre as manchas de óleo que surgiram no litoral nordestino.

Bahia
Enquanto Salles faz gracejos e cria intrigas nas redes sociais, centenas de voluntários estão atuando para limpar as praias nordestinas.

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), foi ao Twitter neste sábado (19) para rebater declarações de Salles, que acusou a administração estadual de omissão no caso do vazamento de óleo nas praias do Nordeste.

“De helicóptero realmente não tinha como ver. Fazer foto e dizer que trabalhou é muito fácil. Deixe de fazer política e trabalhe. O senhor já sabe o que causou esse gravíssimo acidente ambiental? Além de nada, o que o senhor fez? Não quero acreditar em preconceito contra o Nordeste”, escreveu Costa.

O ministro havia tuitado o seguinte: “Estive pessoalmente na Bahia anteontem, percorri de Salvador à Praia do Forte. Eu vi centenas de fuzileiros navais, agentes do IBAMA, equipes municipais, mas não vi ninguém do Governo Estadual”, acusou Salles.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum