O que o brasileiro pensa?
18 de junho de 2020, 08h26

“Se Queiroz resolve contar os segredos do clã, não fica ninguém de pé”, diz Freixo

Para parlamentares de oposição, uma delação do ex-assessor de Flávio Bolsonaro poderia "revelar" outros crimes envolvendo a família do presidente

Fabrício Queiroz (Foto: Reprodução/SBT)

A prisão de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro e amigo de longa data do presidente Jair Bolsonaro, foi celebrada nesta quinta-feira (18) por parlamentares da oposição. Para deputados, uma delação de Queiroz poderia “revelar” outros crimes envolvendo a família do presidente.

“Imagina se Queiroz, amigo do peito de @jairbolsonaro e operador dos esquemas da família há décadas, resolve contar todos os segredos do clã. Não fica ninguém de pé, a começar pelo presidente”, escreveu o deputado Marcelo Freixo (PSOL-RJ) no Twitter.

Para Paulo Pimenta (PT-RS), uma delação poderia revelar “os subterrâneos” da família Bolsonaro. “Foi só @SF_Moro sair do MJ que @jdoriajr e @wilsonwitzel deram o troco. Queiroz preso na casa do advogado de Flávio Bolsonaro. Delação poderá revelar os subterrâneos do clã. Fortes emoções no dia de hoje. PC Farias da famiglia é nitroglicerina pura e provoca pânico no Alvorada”, escreveu.

Líder da oposição no Senado, Randolfe Rodrigues (Rede Sustentabilidade) também lembrou a relação de Queiroz com Flávio Bolsonaro.

“Queiroz foi preso! E foi encontrado na casa do advogado de Flávio Bolsonaro. Quem poderia imaginar essa relação? Aliás, está na hora da nossa denúncia contra Flávio andar. Tem que ser cassado urgente! O senador e filho do presidente deve respostas à justiça. Ah! Grande dia”, publicou o senador.

Queiroz foi preso na manhã desta quinta-feira (18) pela Polícia Civil em uma chácara em Atibaia, no interior de São Paulo. O imóvel pertence a Frederick Wassef, advogado do filho do presidente.

O ex-assessor foi preso a mando do Ministério Público do Rio de Janeiro no inquérito relacionado ao esquema de “rachadinha” que operava no gabinete do então deputado estadual – e hoje senador – Flávio Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Confira outras reações de parlamentares:

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum