Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
24 de dezembro de 2019, 07h54

Selma Arruda, a Moro de saias, pode perder direito à aposentadoria de juíza

A suspeita é que Selma Arruda, que teve seu mandato de senadora cassado, usou o posto para se promover na eleição

Selma Arruda - Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Além de ter seu mandato de senadora cassado pela Justiça Eleitoral, a juíza Selma Arruda (Podemos-MT), conhecida como Moro de saias, pode perder, também, direito à aposentadoria, de acordo com informações de Mariana Carneiro, da coluna Painel, na Folha de S. Paulo.

Um grupo de magistrados indicou a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) que ela pode ter usado o posto para se promover na eleição, o que ocasionaria a punição para mostrar quais são os limites da atuação no cargo, na visão dos juízes.

Não é sócio Fórum? Quer ganhar 3 livros? Então clica aqui.

Selma foi cassada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por crimes de caixa 2 e abuso de poder econômico durante a campanha de 2018. Além disso, ela responde a uma reclamação no Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que pede justamente a cassação de sua aposentadoria.

O questionamento é que Selma usou o cargo para fins políticos. A juíza conseguiu se aposentar em 27 de março de 2018, menos de um mês antes do prazo limite que ela tinha para se filiar a um partido, em 7 de abril.

Punição possível

A ideia de juízes de Mato Grosso seria provocar a corregedoria do tribunal do estado para que se manifeste sobre o caso. Integrantes do STF acreditam que, se comprovado que ela fez uso indevido da função, é possível puni-la.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum