Fórumcast, o podcast da Fórum
02 de janeiro de 2019, 15h33

Selva: Haddad provoca Bolsonaro por reduzir aumento de salario mínimo

Decreto assinado por Bolsonaro e publicado nesta terça-feira (1º) em edição extra do "Diário Oficial da União" fixou o salário mínimo em R$ 998, abaixo do valor aprovado pelo governo anterior.

Montagem

Pelo Twitter nesta quarta-feira (2), o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), provocou Jair Bolsonaro (PSL) por vetar o aumento do salário mínimo para R$ 1.006 aprovado pelo governo anterior.

“Povo começou a se libertar do socialismo: salário mínimo previsto de R$ 1006,00 foi fixado em R$ 998,00. Sem coitadismo. Selva!”, tuitou Haddad.

Decreto assinado por Bolsonaro e publicado nesta terça-feira (1º) em edição extra do “Diário Oficial da União” fixou o salário mínimo em R$ 998. O valor atual é de R$ 954.

A presidenta do PT, Gleisi Hoffmann (PT/PR) também teceu críticas pelo Twitter.

“Começou: primeiro ato de Bolsonaro na presidência é assinar decreto com novo salário mínimo abaixo do que foi aprovado pelo Congresso. Era pra ser R$ 1.006,00. Isso faz muita diferença pra quem ganha pouco!”, tuitou.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum