Fórumcast #20
16 de maio de 2019, 08h28

Sem agenda de governo, Bolsonaro leva amigos e comitiva para fazer turismo em Dallas; veja fotos

Acompanhado por ministros e deputados amigos, como Marco Feliciano e Helio Negão, Bolsonaro visitou museu e foi a bar em Dallas nesta quarta-feira (15), enquanto no Brasil as ruas eram tomadas por manifestantes. Nesta quinta-feira (16), presidente se reúne com representantes da Exxon Mobil e At&T, antes de receber homenagem. À tarde tem agenda livre

Bolsonaro faz turismo em Dallas, nos EUA (Fotos: Flickr/Palácio do Planalto)

Preterido pelo prefeito, Mike Rawlings, e sem compromissos de governo, Jair Bolsonaro está com amigos e a comitiva presidencial fazendo turismo pelas ruas de Dallas, no estado do Texas, Estados Unidos.

Acompanhado dos amigos deputados pastor Marco Feliciano (Podemos/SP) e Hélio “Bolsonaro” Negão (PSL/RJ), o capitão chegou às 9h desta quinta-feira (15) nos Estados Unidos – quando, no Brasil, iniciavam os atos que que mobilizaram pessoas em mais de 200 cidades contra as políticas educacionais de seu governo.

O único compromisso na agenda oficial do presidente para o dia foi o encontro com o ex-presidente George W. Bush, que foi surpreendido com a visita do brasileiro.

“Ao contrário de algumas reportagens, o presidente Bush não esteve envolvido nos arranjos da viagem e não estendeu o convite para (Bolsonaro) vir a Dallas”, afirmou o assessor de imprensa de Bush, Freddy Ford, ponderando, contudo, que o estadunidense concordou em receber Bolsonaro quando soube que o capitão da reserva estava na cidade e pleiteando o encontro.

Bar e museu
Sem mais compromissos, Bolsonaro passeou pelas ruas de Dallas acompanhado da comitiva e foi a um bar, onde conversou com o Helio Negão e o general Augusto Heleno, ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI).

Veja também:  MPF investiga Polícia Federal por "operação clandestina" na busca por celular de ministro da AGU

Depois disso, Bolsonaro deu entrevista à jornalistas brasileiros e visitou o The Sixth Floor Museum, que apresenta uma narrativa do assassinato do presidente John F. Kennedy. Os “compromissos” foram fotografados e as imagens disponibilizadas no Flickr oficial do Palácio do Planalto.

À noite, Bolsonaro jantou com políticos e lideranças conservadoras dos Estados Unidos como o senador Ted Cruz e os governadores do Texas, Greg Abott, e de Oklahoma, Kevin Stitt.

Homenagem e reuniões privadas
Nesta quinta-feira (16) consta na agenda de Bolsonaro dois encontros com líderes de empresas privadas estadunidenses que têm muito interesse na política de privatizações conduzida pelo ministro da Economia, Paulo Guedes.

O capitão terá encontros reservados com o CEO da petrolífera Exxon Mobil, Darren Woods, e com o CEO da empresa de telecomunicações AT&T, Randal Stephenson, antes de participar do almoço em que receberá o prêmio de Personalidade do Ano da Câmara de Comércio do Brasil e Estados Unidos.

À tarde, com agenda livre, Bolsonaro deve continuar o turismo por Dallas. O retorno da comitiva brasileira está previsto somente para sexta-feira (17).


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum