#Fórumcast, o podcast da Fórum
01 de outubro de 2019, 21h57

Senado vota reforma da Previdência ainda nesta terça-feira

De olho em racha da base do governo para a segunda votação da Previdência, oposição não vai obstruir primeiro turno

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

O Senado Federal deve votar o primeiro turno da Reforma da Previdência ainda na noite desta terça-feira (1). O governo espera uma margem ampla de vitória nesta primeira votação, mas a oposição busca ainda apresentar destaques para tentar alterar alguns pontos do texto e pressionar os senadores do centrão. Os oposicionistas também buscam adiar a segunda votação, prevista para o dia 10.

A tramitação da proposta ainda nesta terça-feira foi definida pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) após reunião com governistas. A pauta chegou ao plenário após a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da casa aprovar a integralidade do relatório do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) por 15 votos a 7. Nenhuma alteração foi aprovada.

Os oposicionistas afirmaram que não vão obstruir o primeiro turno da votação, que já foi adiado uma vez por Alcolumbre, mas prometeram propor ao menos oito destaques no texto durante a sessão.

A principal incerteza que paira na casa tem a ver com o segundo turno da votação do projeto. Muitos parlamentares cobram que o governo garanta a divisão dos recursos do pré-sal com estados e municípios para poder dar seu voto a favor da Previdência. Essa reivindicação mobilizou senadores da oposição a fazer um acordo de não-obstrução nesta terça, segundo Otto Alencar (PSD-BA).

“Nos comprometemos a não votar e a entrar em obstrução no segundo turno caso as leis relacionadas à pauta federativa não caminhem na Câmara”, declarou o senador Rogério Carvalho (PT-SE) ao Congresso em Foco. Nesse acordo estariam também legisladores de partidos próximos de Bolsonaro, como o MDB. Se a Câmara não concordar com os critérios definidos pelo Senado, os senadores querem que Bolsonaro atue com um decreto.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum