Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
01 de dezembro de 2019, 11h01

Senadora prevê que se economia não reagir, governo Bolsonaro cai

Simone Tebet (MDB-MS) afirmou ainda que a declaração do ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre o AI-5 mostrou o objetivo do governo Bolsonaro ao impor o "excludente de ilicitude" na chamada Garantia da Lei e da Ordem (GLO). "Se o objetivo é esse, não vai passar"

Simone Tebet (Foto: Geraldo Magela/Agência Senado)

Presidente da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado, Simone Tebet (MDB-MS), afirmou em entrevista à Folha de S.Paulo neste domingo (1º) que é difícil entender o que pensa Jair Bolsonaro e ressaltou que caso não haja uma reação na economia, o capitão deve cair.

“Se a economia não reagir até o ano que vem, se nós continuarmos com esse PIB pífio e não voltarmos a gerar emprego e renda, se continuamos tendo esses números vergonhosos de desemprego, se voltarmos a ver pessoas voltando para as ruas porque não têm um teto para morar, esse governo não consegue se sustentar”, afirmou.

A senadora afirmou ainda que a declaração do ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre o AI-5 mostrou que o objetivo do governo Bolsonaro ao impor o “excludente de ilicitude” na chamada Garantia da Lei e da Ordem (GLO), para eximir de responsabilidade penal os militares que participarem de repressão a manifestações populares, é diferente do que foi apresentado no Projeto de Lei.

“A fala infeliz do ministro Paulo Guedes foi ruim para a economia, mas fez muito bem para a política à medida que causou uma reação imediata do Congresso. Muitos líderes já se pronunciaram: se o objetivo é esse, o excludente de ilicitude não vai passar”.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum