Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
07 de março de 2019, 08h19

Servidor denunciado na Operação Carne Fraca tem aposentadoria cassada

Eraldo Cavalcanti Sobrinho foi apontado como um dos fiscais do Ministério da Agricultura que recebia propina para favorecer interesses da JBS. Ele havia se aposentado em agosto de 2018 com o salário integral.

O Ministério da Agricultura cassou nesta quinta-feira (7) a aposentadoria do fiscal agropecuário Eraldo Cavalcanti Sobrinho, um dos indiciados na Operação Carne Fraca.Em agosto, atendendo a pedido de Eraldo, a Superintendência Federal do Ministério da Agricultura no Paraná havia concedido aposentadoria com proventos integrais.

No entanto, o Ministério da Agricultura retirou o benefício do servidor em despacho publicado no Diário Oficial da União. A decisão acolhe o relatório final de uma comissão de processo administrativo disciplinar instituída para investigar Eraldo.

Ele foi apontado como um dos fiscais do Ministério da Agricultura que recebia propina para favorecer os interesses da gigante do setor de carnes JBS no Paraná.

Em um grampo da Polícia Federal, ele aparece negociando a liberação de uma carga com o funcionário da Seara/JBS Flávio Cassou. Eraldo chegou a ser preso, mas saiu em dezembro após pagar fiança de R$ 40 mil.

 

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum