Política

Servidores farão ato contra projeto de Doria que ataca funcionalismo público em SP

"O governador João Doria quer antecipar em São Paulo a reforma administrativa do Bolsonaro", denuncia a deputada Professora Bebel (PT), presidenta da Apeoesp, uma das entidades que organiza a manifestação

Compartilhar

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e sua base na Assembleia Legislativa do estado (Alesp), seguem os passos de Jair Bolsonaro e pretendem aprovar um projeto de reforma administrativa aos moldes da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que está em tramitação na Câmara dos Deputados.

Trata-se do Projeto de Lei Complementar nº 26/2021 (PLC 26/2021), que entrará na pauta da Alesp nesta terça-feira (21).

A proposta prevê a alteração do regime jurídico do funcionalismo paulista. As mudanças devem afetar diretamente os servidores e o acesso aos serviços públicos.

Com o objetivo de pressionar os deputados estaduais a retirarem o projeto da pauta, entidades de servidores, lideradas pelo Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp), farão um ato político em frente à Alesp nesta terça-feira.

“Entre diversos pontos prejudiciais, o PLC acabará com a estabilidade, com os concursos públicos e com os direitos dos servidores. O que está em curso é a verdadeira destruição do funcionalismo público no Estado de São Paulo. Desta forma, poderá haver uma evasão de servidores, prejudicando a população”, afirma a deputada Professora Bebel (PT), que é presidenta da Apeoesp.

Bebel informou que já solicitou ao presidente da Alesp, deputado Carlão Pignatari (PSDB0, que autorize a entrada do público na Casa para acompanhar a votação do projeto.

“O governador João Doria quer antecipar em São Paulo a reforma administrativa de Bolsonaro. Nós precisamos unir forças e mostrar a nossa indignação e descontentamento com esse ataque aos servidores públicos. No ato todos estarão de máscaras, respeitando as orientações das autoridades sanitárias na prevenção da covid-19”, pontua a petista.

O ato terá início às 15h na rua Abílio Soares, próximo à Avenida Pedro Álvares Cabral, na capital paulista.

Este post foi modificado pela última vez em 20 set 2021 - 22:34 22:34

Ivan Longo

Jornalista, editor de Política, desde 2014 na revista Fórum. Formado pela Faculdade Cásper Líbero (SP). Twitter @ivanlongo_

Por
Ivan Longo

Última hora

  • Cinegnose

Apagão do Facebook, Cyber Polygon e offshore de Paulo Guedes: novo salto mortal do Capitalismo – Por Wilson Ferreira

Hoje as grandes empresas de tecnologia são tão grandes que engoliram partes inteiras da Internet…

17 out 2021 - 19:07
  • Política

CPI: Renan quer mais tempo para apresentar relatório final

O presidente da comissão, Omar Aziz, reagendou a leitura do relatório para quarta-feira, mas o…

17 out 2021 - 18:33
  • Política

Aziz justifica adiamento da votação do relatório da CPI: “Não cair em armadilha”

O presidente da CPI garantiu que a leitura do texto final será realizada ainda nesta…

17 out 2021 - 17:38
  • Política

Divergências fazem CPI do Genocídio adiar relatório final

O presidente Jair Bolsonaro e mais 66 pessoas devem ter pedido de indiciamento incluído no…

17 out 2021 - 16:36
  • Direitos

Após ataque de pistoleiros, jagunços voltam a ameaçar famílias Sem Terra no TO

Fazendeira reivindica posse do local onde vivem 30 famílias; a área ocupada é do Incra,…

17 out 2021 - 15:53
  • Redes Sociais

Eduardo Bolsonaro dá uma de sheik árabe com a família em Dubai

A farra da comitiva do governo de Jair Bolsonaro em Dubai deve custar pelo menos R$ 3,6…

17 out 2021 - 14:50