Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
06 de agosto de 2019, 09h19

Site bolsonarista Conexão Política cai no descrédito, perde seguidores e diz que é censurado

O site, que teve acesso livre na posse de Bolsonaro e é frequentemente retuitado pelos filhos do presidente, reclama que em junho passado “perdeu inexplicavelmente 150 mil seguidores"

Foto: Reprodução

O site de extrema direita, Conexão Política, que apoia o presidente Jair Bolsonaro (PSL-RJ), reclama que está sofrendo censura nas redes sociais, sobretudo no Twitter. O site, que teve acesso livre na posse de Bolsonaro e é frequentemente retuitado pelos filhos do presidente, reclama que em junho passado “perdeu inexplicavelmente 150 mil seguidores — de 233 mil para 83 mil — ou seja, uma queda brusca de aproximadamente 63% dos seguidores”.

O site chapa branca, em 2017, por exemplo, publicou entrevista com o então deputado estadual, Flávio Bolsonaro, onde, segundo eles, o atual senador envolvido com o escândalo dos “laranjas” de seu ex-assessor e motorista, Fabrício Queiroz, deu respostas “maduras e inteligentes”.

Descrédito

Sem levar em conta o descrédito que tanto o governo Bolsonaro quanto seus apoiadores têm caído, o site diz ainda que “neste momento atual, o Twitter segue restringindo todas as publicações do Conexão Política. Ao longo do dia, postagens que conseguem grande expressão de curtidas e retweets, por exemplo, perdem mais de 50% dos números reais”.

Várias pesquisas apontam queda no apoio ao governo de Bolsonaro em diversos setores. Levantamento feito em junho pela organização Todos pela Educação e pelo grupo Ideia Big Data, por exemplo, aponta que 58% dos entrevistados reprovam e 15% aprovam a atuação do governo federal na área de educação. Para 60%, a qualidade da educação no país é ruim ou péssima e 10% a consideram regular ou boa.

Entre os que reprovam a atuação do governo na área, 38% consideraram as condutas ruins e 20% as consideraram péssimas. Entre os que aprovam, 10% acharam que elas são boas e 5%, que são ótimas. Outros 20% consideraram as ações regulares e 7% disseram não sabem ou não responderam.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum