Fórum Educação
02 de abril de 2020, 07h43

“Só trabalho com ciência, mas há quem trabalhe com critérios políticos”, diz Mandetta

Ministro foi excluído de reunião de Jair Bolsonaro com um grupo de médicos para falar sobre cloroquina

Luiz Henrique Mandetta e Jair Bolsonaro - Foto: Isac Nóbrega/PR

Após ser excluído da reunião do presidente Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto com um grupo de médicos, nesta quarta-feira (1º), o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse que só trabalha com a academia e com a ciência, enquanto outros “trabalham com critérios políticos”.

Mandetta também enfatizou que não se sente “ofendido” por isso. “Só trabalho com a academia, só trabalho com a ciência. Existem pessoas que trabalham com critérios políticos, que são importantes também, deixem que eles trabalhem. Não me ofendem em nada. Eu trabalho com foco, disciplina e ciência”, disse o ministro durante coletiva de imprensa no Palácio do Planalto.

A principal pauta da reunião de Bolsonaro, de acordo com o Estado de S.Paulo, seria o uso da cloroquina no combate ao coronavírus. Mandetta tem se posicionado contra a medicação, dizendo que a mesma ainda não tem comprovação de eficácia e que poderia trazer consequências.

O ministro também tem se posicionado contra o fim do isolamento social proposto por Bolsonaro, o que tem gerado diversos sconflitos com o presidente.

“Se isso dá um barulho aqui ou ali, é secundário, terciário. Querem trazer sugestão de quem quer que seja? Tragam com ciência, pesquisa referendada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), que é quem vê questão de medicamento”, afirmou. “Eu trabalho com critérios técnicos. O resto não analiso”, continuou.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum