O que o brasileiro pensa?
06 de novembro de 2019, 14h09

Sob o comando de Eduardo Bolsonaro, comissão aprova moção de repúdio a Alberto Fernández por pedir Lula Livre

Segundo o filho do presidente, Fernández "desrespeita" o judiciário brasileiro ao pedir a liberdade do ex-presidente Lula

Foto: Vinicius Loures/Câmara dos Deputados

A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara (CREDN), presidida pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), aprovou nesta quarta-feira (6) uma moção de repúdio contra Alberto Fernández, presidente eleito da Argentina. O argumento, segundo o filho do presidente, é que Fernández “desrespeita” o judiciário brasileiro ao pedir a liberdade do ex-presidente Lula.

“Aprovada na CREDN, requerimento do Dep. Fed. Luiz Philippe de Orleans e Bragança, que redige moção de repúdio ao presidente eleito da Argentina, Alberto Fernandéz”, escreveu Eduardo no Twitter.
“Por desrespeito às decisões das instituições judiciais do estado brasileiro, por quebra de decoro internacional, que preza pelas boas relações diplomáticas, pelo ativismo político em questões internas do Brasil e pelo desagravo a uma parcela expressiva da população brasileira”, continuou.

Alberto Fernández já citou diversas vezes que defende a liberdade do ex-presidente e chegou a visitá-lo em Curitiba em duas ocasiões. No dia das eleições na Argentina, em 27 de outubro, Fernández publicou uma foto em suas redes sociais celebrando o aniversário do ex-presidente e pedindo “Lula Livre”. Mais tarde, já eleito, novamente protestou contra a prisão política de Lula durante seu primeiro discurso depois da apuração das urnas.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum