Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
18 de março de 2018, 08h54

Sobrinha de Marielle desabafa e pede respeito: “Não inventem mentiras”

Jovem de 19 anos reclama do comportamento de muitas pessoas, principalmente nas redes sociais, e diz que é necessário respeitar a dor da família

A sobrinha de Marielle postou uma foto do dia em que ela nasceu, nos braços da tia – Fotos: Reprodução/Facebook

A sobrinha da socióloga Marielle Franco, brutalmente assassinada na última quarta-feira (14), junto com o motorista Anderson Gomes, publicou um desabafo nas redes sociais. Aos 19 anos e com sua identidade protegido por razões de segurança, ela postou em sua página no Facebook uma mensagem na qual critica os ataques sofridos pela tia. Na publicação, acompanhada de uma foto de Marielle com a sobrinha no colo no dia de seu nascimento ela escreveu: “Respeitem a dor de todos, seja de quem for” e para que “não inventem mentiras sobre ela (Marielle) ou alguém da família”.

Acompanhe a íntegra do texto:

“23/11/1998, o dia do meu nascimento. Essa é minha tia Marielle, grávida de 8 meses da minha prima. É ela, antes de ser a socióloga defensora dos direitos humanos e eleita a vereadora. Ela só era ela. A mãe, a filha, a irmã e a tia. A mãe mais durona que eu conheci. A mulher que construiu sua história durante todo esse tempo, mas, que há dias atrás, teve sua vida ceifada sem nenhuma chance de defesa. Sem nem saber o porquê. Depois desse dia, tô observando as mensagens negativas sobre sua morte. Tudo bem não gostar do seu partido ou de quem era ela. Tá tudo bem. Mas, por favor, não compartilhe áudios de outras pessoas dizendo que é minha tia. Por favor, não diga que ela era envolvida com o comando vermelho. E, essencialmente, não vá nas postagens da minha prima dizer que ela é filha do Marcinho VP e que minha tia engravidou aos 16. Isso foi o cúmulo pra perceber o quanto as pessoas são insensíveis com a dor de uma filha. Por favor, respeitem a dor de todos, seja de quem for, apenas respeitem. E, principalmente, não inventem mentiras sobre ela ou alguém da família achando que vai estar passando batido, porque não vai. Por fim, essa era Marielle. A que morreu por conta de seus ideais, e lutando por eles”.

Com informações de O Globo


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum