STF envia à PGR notícia-crime contra Damares Alves por defender prisão de governadores e prefeitos

A ação foi motivada pela fala de Damares durante a reunião ministerial de 22 de abril

A Procuradoria-Geral da República (PGR) recebeu do Supremo Tribunal Federal (STF) notícia-crime contra a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves.

A ação foi motivada pela fala de Damares durante a reunião ministerial de 22 de abril. Na ocasião, a ministra defendeu a prisão de governadores e prefeitos.

“A pandemia vai passar, mas governadores e prefeitos responderão processos e nós vamos pedir inclusive a prisão de governadores e prefeitos”, disse Damares na reunião.

A medida foi movida pelo advogado Ricardo Schmidt que argumenta que a ministra “tentou impedir, com emprego de grave ameaça, o livre exercício dos Poderes dos Estado”. Ele pede que, após apreciada a notícia-crime, Damares seja condenada e cumpra as penas previstas na lei de Segurança Nacional.

Cabe agora à procuradoria investigar se a ministra cometeu ou não algum crime. Caso tenha cometido, o órgão deverá denunciá-la.

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR