Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
09 de abril de 2019, 19h48

STF solta ex-presidente do BB e da Petrobras, Aldemir Bendine

A maioria dos ministros da Segunda Turma achou que o período de prisão provisória foi alongado e que está sendo utilizado como antecipação da pena

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), por três votos a dois, mandou soltar nesta terça-feira (9) o ex-presidente da Petrobras e do Banco do Brasil, Aldemir Bendine. Ele estava preso desde julho de 2017, em consequência da Operação Lava Jato.

A maioria dos ministros achou que o período de prisão provisória foi alongado e que está sendo utilizado como antecipação da pena. Os magistrados que optaram por soltar Bendine ressaltaram que, até o momento, ele foi condenado apenas em primeira instância e não teve condenação confirmada em segunda instância.

Contudo, a Segunda Turma impôs condições: Bendine deverá entregar passaporte, não poderá deixar o país nem se comunicar com outros investigados.

O voto decisivo foi de Ricardo Lewandowski. Também optaram pela soltura Gilmar Mendes e Celso de Mello. Foram vencidos Edson Fachin e Cármen Lúcia.

Sérgio Moro

Ele foi condenado em primeira instância pelo ex-juiz Sérgio Moro a 11 anos de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

A acusação que pesa sobre Bendine é de que ele teria recebido R$ 3 milhões em propina, em 2015, da Odebrecht. O objetivo seria facilitar contratos entre a empreiteira e a estatal.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum