Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
07 de fevereiro de 2020, 11h55

Substituta de Moro diz ao STF que Lava Jato não desviou fundo de R$ 2,5 bi da Petrobras

A informação foi requerida pelo ministro Alexandre de Moraes, que desconfiou de uso indevido da verba. O dinheiro seria usado para criação da "fundação Dallagnol"

A juíza Gabriela Hardt - Foto: YouTube/Reprodução

A juíza federal Gabriela Hardt, substituta de Sergio Moro nos casos da Operação Lava Jato, respondeu na terça-feira (5) uma ofício do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), no qual ele questiona se procuradores gastaram, sem autorização, R$ 2,6 bilhões da Petrobras recuperados pela operação.

A juíza afirmou que “não houve nenhuma destinação da verba discutida nestes autos, encontrando-se todos os valores depositados em conta mantida junto à Caixa Econômica Federal”.

O dinheiro mencionado por Moraes já foi alvo de uma investida frustrada de Deltan Dallagnol e procuradores da Lava Jato, que queriam criar uma “fundação” – apelidada de “fundação Dallagnol – para gerenciar os R$ 2,6 bilhões. Sergio Moro também tentou convencer a ex-PGR Raquel Dodge e o presidente Jair Bolsonaro a destinarem os recursos ao Ministério da Justiça.

O ministro do STF, no entanto, suspendeu a medida por entender que a pasta não teria a competência constitucional para administrar o recurso. Com isso, foi decidido que R$ 1 bilhão seria destinado para os incêndios florestais da Amazônia e R$ 1,6 bilhão para a educação.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum