Fórumcast, o podcast da Fórum
15 de agosto de 2018, 22h22

Suíça envia documentos que reforçam suposta propina à campanha de Serra

Novos documentos enviados por autoridades suíças mostram depósitos de valores que seriam propina da Odebrecht em uma conta gerida pela filha de José Serra

Foto: Agência Senado

Autoridades da Suíça enviaram para a procuradoria-geral da República, no final de junho, documentos que mostram o caminho do dinheiro que investigadores suspeitam ser propina da Odebrecht paga ao senador José Serra (PSDB). Os recursos teriam sido utilizados em forma de caixa 2 para a campanha do tucano ao governo do estado em 2006.

As novas informações foram anexados a um inquérito contra Serra que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF).

Os documentos que chegaram recentemente mostram, através de evidências como e-mails, que a offshore Circle Technical Compan, empresa conhecida como repassadora de propinas da Odebrecht, fez depósitos de 400 mil euros em uma conta na Suíça que tinha entre os administradores Verônica Serra, filha de José Serra.

Leia também
Dados da Suíça apontam suposto esquema envolvendo Arnaldo Cezar Coelho e Serra

O inquérito é baseado na delação de Pedro Novis, que já foi presidente da Odebrecht. Ele afirmou aos investigadores que foram repassados à campanha de Serra, de maneira ilegal, R$4,5 milhões.

Em nota, tanto Serra quanto a filha negaram qualquer envolvimento em repasses ilícitos.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum