Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
07 de julho de 2018, 10h00

“Suicídio acontece”, diz Bolsonaro sobre o assassinato de Herzog. Vídeo

Durante entrevista ao programa de Mariana Godoy, o pré-candidato ainda defendeu a tortura: “É preciso parar de dar tratamento humano para quem não é ser humano”

Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

Por DCM

Em entrevista ao programa de Mariana Godoy, Jair Bolsonaro teceu comentários acerca do assassinato de Vladimir Herzog nas instalações do DOI-CODI, em 1975, após ser seviciado. Há dias, a Corte Interamericana de Direitos Humanos condenou o Brasil por negligência na investigação. “Alguns inocentes acabaram tendo um fim que não mereciam, no meu entender. O caso Vladimir Herzog, muitos falam que ele praticou o suicídio”, declarou. “Lamento a morte dele, em que circunstância, se foi suicídio ou morreu torturado. Suicídio acontece, pessoal pratica suicídio”, afirmou.

Herzog era “um colaborador”, segundo o candidato, e o pessoal se “vitimiza”. A Anistia já resolveu tudo: “Essa é uma história que passou”. Bolsonaro ainda defendeu a tortura. “É preciso parar de dar tratamento humano para quem não é ser humano”, segundo ele.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum