Fórumcast, o podcast da Fórum
21 de dezembro de 2018, 19h30

Suplicy enfrenta três policiais e resgata servidora municipal. Vídeo

Sessão que discutia a refoema da previdência municipal, na Câmara de São Paulo, foi suspensa às 18h20, depois de confrontos envolvendo parlamentares, servidores e integrantes da Guarda Civil

Foto: Reprodução/TV Globo

O projeto da Reforma da Previdência provocou grande confusão na tarde desta sexta-feira (21), na Câmara Municipal de São Paulo. Às 18h10, o vereador Milton Leite (PMDB), presidente da Casa, encerrou a audiência pública que debatia o PL e determinou o início da sessão. Ele solicitou que representantes de movimentos sociais que estavam nas galerias deixassem o local, o que gerou revolta e tumulto.

A Guarda Civil Metropolitana, então, foi acionada para retirar os manifestantes de usou de truculência. O vereador Eduardo Suplicy (PT), mesmo aos 77 anos, se colocou entre os oficiais e uma servidora, no momento em que ela era retirada do plenário, enfrentou os policiais e resgatou a trabalhadora.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

Antes disso, a audiência pública já tinha sido paralisada em consequência de discussão e empurra-empurra, que começou entre os vereadores Fernando Holiday (DEM), ligado ao MBL, e Toninho Vespoli (PSOL). Holiday, com sua estratégia característica, tentou interromper a fala da vereadora Samia Bomfim (PSOL), alegando que ela tinha ultrapassado o tempo limite.

Desde o início da tarde, os professores da rede municipal de ensino protestam contra o PL em frente à Câmara. Segundo a CET, o Viaduto Jacareí está totalmente bloqueado.

De autoria do ex-prefeito João Doria (PSDB), o projeto da reforma pretende, entre outros pontos, aumentar a alíquota básica, desconto que o funcionário sofre na folha de pagamento, de 11% para 14%, o que prejudica os servidores.

Assistam ao vídeo da confusão:

Com informações do G1

Agora que você chegou ao final deste texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais

 


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum