#Fórumcast, o podcast da Fórum
10 de julho de 2019, 08h21

Tabata Amaral comemora “vitória da bancada feminina” na reforma e recebe enxurrada de críticas

Tabata Amaral pode ser expulsa do PDT se votar a favor da reforma da Previdência proposta pelo governo Bolsonaro

Reprodução/Facebook

A deputada federal, Tabata Amaral (PDT-SP), comemora, na sua conta do Twitter, na noite desta terça-feira (9), o que ela chama de “vitória da bancada feminina” na reforma da Previdência e recebe uma enxurrada de críticas.

“Vitória da bancada feminina! A proposta do governo para a Reforma da Previdência aumentava o tempo mínimo de contribuição de 15 para 20 anos para homens e mulheres. No entanto, na média, as mulheres contribuem apenas 18 anos.”

Expulsa do partido

Tabata Amaral pode ser expulsa do PDT se votar a favor da reforma da Previdência proposta pelo governo Bolsonaro. O próprio presidente do partido, Carlos Luppi, teria informado isso a ela.

Em reunião da bancada do PDT na Câmara, nesta terça-feira, Luppi teria deixado claro que votassem a favor do projeto do governo arriscavam ser expulsos do partido. Ciro Gomes teria defendido a medida.

Segundo o jornal  O Estado de S. Paulo, Ciro Gomes teria ligado para Tabata pedindo que ela seguisse a determinação do partido, mas que teria tido resposta negativa. A deputada teria argumentado que o governo havia atendido as reivindicações do seu grupo, alterando o cálculo da aposentadoria para mulheres.

Veja abaixo algumas das críticas que a deputada recebeu de internautas:


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum