Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
16 de dezembro de 2019, 23h20

Tabata dá invertida em Eduardo Bolsonaro ao comentar sobre MEC

O filho do presidente tentou defender a gestão de Araham Weintraub, avaliada com "nota zero" pela deputada federal

Reprodução/Twitter

A deputada federal Tabata Amaral (PDT-SP) respondeu a uma provocação do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) nesta segunda-feira (16) ao comentar sobre a situação do Ministério da Educação sob o comando de Abraham Weintraub.

“Vivo em um mundo onde não é normal um Ministério que diz que alfabetização é prioridade não fazer nada na área. Um mundo que reconhece a importância de Paulo Freire para a educação. Realmente tenho uma visão de mundo muito diferente do governo”, afirmou a parlamentar.

Eduardo havia feito uma postagem dizendo que Tabata “vive em outro mundo” por ter dado zero para o MEC comandado por Weintraub. O filho do presidente citou alguns “feitos” do ministro: “salvou o ENEM; tirou ideologia d gênero; botou escolas cívico-militares; descontigenciou 100% do orçamento do MEC,mesmo c/ doentes e idiotas úteis protestando contra o inexistente corte de 30%”.

Logo no início do governo, Tabata ficou marcada por protagonizar um duro embate com o Ricardo Vélez, ministro da Educação que cuidou da pasta nos primeiros meses. Em entrevista recente ao Uol ela foi questionada sobre a gestão do sucessor de Vélez e foi taxativa: “zero. Talvez, um (…) Não vejo o que há de positivo na atual gestão do MEC”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum