TCU desmente Bolsonaro sobre mortes por Covid

O tribunal negou que exista qualquer estudo que aponte que os óbitos provocados pela doença não foram provocados pela doença

O Tribunal de Contas da União (TCU) divulgou um nota nesta segunda-feira (7) desmentindo uma declaração dada pelo presidente Jair Bolsonaro nesta manhã a seus apoiadores no cercadinho do Palácio do Alvorada.

O mandatário afirmou que divulgaria um relatório “em primeira mão para vocês” do TCU que, segundo ele, revelaria que cerca de metade das mortes registradas em 2020 por Covid-19 não teriam sido pela doença. Isso, no entanto, não era verdade.

“O TCU esclarece que não há informações em relatórios do tribunal que apontem que ‘em torno de 50% dos óbitos por Covid no ano passado não foram por Covid’, conforme afirmação do Presidente Jair Bolsonaro divulgada hoje”, diz mensagem publicada pelo órgão em seu perfil oficial no Twitter.

Pela manhã, o presidente disse o seguinte: “Óh… Em primeira mão para vocês. Não é meu. É do tal do Tribunal de Contas da União, questionando o número de óbitos no ano passado por Covid. E aí ali, o relatório final, não é conclusivo, mas em torno de 50% de dos óbitos por Covid o ano passado não foram por Covid, segundo o Tribunal de Contas da União”.

“Esse relatório saiu há alguns dias. E logicamente que a imprensa não vai divulgar”, emendou.

Segundo o TCU, o relatório não existe.

O país já soma 474.414 vidas perdidas para a pandemia de Covid-19. A CPI do Genocídio no Senado Federal apura se há responsabilidade direta do governo Bolsonaro nesse número trágico de óbitos.

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Lucas Rocha é formado em jornalismo pela Escola de Comunicação da UFRJ e cursa mestrado em Políticas Públicas na FLACSO Brasil. Carioca, apaixonado por carnaval e pela América Latina, é repórter da sucursal do Rio de Janeiro da Revista Fórum e apresentador do programa Fórum Global