Temer admite que impeachment de Dilma foi golpe no Roda Viva

Emedebista disse, por mais de uma vez, que nunca foi adepto ao golpe que destituiu a ex-presidenta Dilma Rousseff; assista

Entrevistado na noite desta segunda-feira (16) por jornalistas da bancada do Roda Viva, da TV Cultura, o ex-presidente Michel Temer admitiu que o impeachment da ex-presidenta Dilma Rousseff foi um golpe.

“Eu jamais apoiei ou fiz empenho pelo golpe”, disse o emedebista, que assumiu a presidência após a queda de Dilma em 2016. Em sua explanação, Temer não se preocupou em usar o termo “golpe”, algo que nunca tinha feito, e ainda revelou que tentou impedir o avanço do processo do impeachment após um telefonema do ex-presidente Lula.

Assista.

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR