Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
25 de setembro de 2017, 12h14

“Temer se livra de nova denúncia, mas não aprova reforma da Previdência”, avalia Mansur

Rodrigo Maia diz que a reforma da Previdência, hoje, teria "entre 150 e 200 votos". Para aprová-la seria necessário o apoio de pelo menos 308 parlamentares.

Rodrigo Maia diz que a reforma da Previdência, hoje, teria “entre 150 e 200 votos”. Para aprová-la seria necessário o apoio de pelo menos 308 parlamentares.

Da Redação*

De acordo com informações da coluna de Mônica Bergamo, o governo deve ganhar a disputa pela rejeição da nova denúncia contra Michel Temer -mas a batalha pela reforma da Previdência já está praticamente perdida. A constatação é da própria base parlamentar que apoia o presidente da República.

“Vamos ter mais apoios contra a nova denúncia do que obtivemos na anterior”, diz o deputado Beto Mansur (PRB-SP), que faz a contabilidade dos votos pró-governo na Câmara. Já a Previdência está na berlinda. “Podemos até conseguir alguma coisa. Mas ninguém quer mais mexer com essa pauta, que é desgastante. Deputado nenhum quer votar isso”, diz.

A dificuldade aumenta quando se verifica que “a economia está se recuperando sem a reforma da Previdência”. Ela não seria, portanto, tão urgente.

O próprio presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), já disse que os parlamentares estão “com raiva” do tema. E avalia que a reforma da Previdência, hoje, teria “entre 150 e 200 votos”. Para aprová-la seria necessário o apoio de pelo menos 308 parlamentares.

*Com informações da coluna de Mônica Bergamo

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum