Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
21 de dezembro de 2017, 07h48

Temer se reuniu com a cúpula da Globo para discutir delação e reformas

Mais uma prova da proximidade entre o peemedebista e a Globo; Michel Temer teve um encontro secreto com os donos da organização e reclamou da cobertura que a emissora dava a seu governo.

Mais uma prova da proximidade entre o peemedebista e a Globo; Michel Temer teve um encontro secreto com os donos da organização e reclamou da cobertura que a emissora dava a seu governo.

Da Redação*

Michel Temer teve um encontro reservado no início de outubro, em São Paulo, com João Roberto Marinho, do Grupo Globo, para discutir a cobertura de seu governo pelos veículos da empresa, além de pedir apoio para a reforma da Previdência. De acordo com relatos feitos pelo próprio Temer a três aliados, a reunião foi um pedido de João Roberto, vice-presidente do Conselho de Administração do grupo. Temer reclamou da cobertura do caso JBS pelos veículos do grupo, que tinha, segundo o político, o objetivo de derrubá-lo.

Ajude a Fórum a fazer a cobertura do julgamento do Lula. Clique aqui e saiba mais.

Em 4 de outubro, João Roberto promoveu um jantar na casa de seu irmão Roberto Irineu Marinho para receber Temer e o vice-presidente de Relações Institucionais da Globo, Paulo Tonet. Um dos principais aliados do peemedebista, o deputado Beto Mansur (PRB-SP) costurou o encontro.

Na avaliação do presidente, o comportamento do grupo desde 17 de maio, quando o jornal O Globo divulgou a conversa entre ele e o empresário Joesley Batista, cristalizou a percepção de que deu aval à compra de silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (MDB-RJ). A gravação foi usada como base pelo então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para apresentar duas denúncias Temer, barradas na Câmara.

As informações são de Marina Dias e Bruno Boghossian, da Folha de S.Paulo

Fotos: Fotos Públicas

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum