#Fórumcast, o podcast da Fórum
19 de outubro de 2019, 13h47

Tentando mostrar ser um conciliador, Huck vai aos EUA com líderes indígena e do agronegócio

Apresentador quer passar a imagem de ser alguém que pode dialogar com diferentes setores da sociedade brasileira

Luciano Huck quer se mostrar como alguém que pode tirar o país dos extremos políticos e ser um candidato viável para as eleições e 2022. Mesmo sem assumir que já está em campanha, o apresentador vai costurando alianças que garantam as bases da sua candidatura.

Em mais um aceno para o seu eleitorado, Huck apareceu em uma foto junto com o líder indígena da etnia Paiter Suruí, Almir Suruí, e do diretor Associação Brasileira do Agronegócio, Luiz Cornacchioni, durante um evento em uma universidade dos EUA. Em um momento em que a Amazônia está na mira da discussão mundial por conta do desmatamento e avanço de lavouras dentro da Floresta, a atitude de Huck tem um forte apelo simbólico.

Em entrevista recente, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso questionou a vontade do global querer assumir a cadeira no Palácio do Planalto. “Ele vai deixar de ser celebridade para ser líder?”


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum