terça-feira, 29 set 2020
Publicidade

Tentativa de Wajngarten de posar como justiceiro é aplaudida por Olavo de Carvalho

O vídeo em que Fábio Wajngarten, chefe da Secom (Secretaria de Comunicação) do governo de Jair Bolsonaro, aparece apontando uma arma para um homem suspeito de ter cometido um assalto em São Paulo foi um dos temas mais comentados nas redes sociais nesta quinta-feira (6).

Sobretudo pelo oportunismo da cena, já que se nota como Wajngarten só aponta a pistola para o suspeito após ele já ter sido rendido por outro transeunte – e, ainda assim, não perdeu a oportunidade de se aproveitar ainda mais da situação, ao dizer, em que “felizmente, não precisei apertar o gatilho”, segundo o portal Metrópoles.

Quem também não deixou o caso passar em branco foi o guru do bolsonarismo, e ídolo de Wajngarten, o astrólogo Olavo de Carvalho.

“Boa, amigo Fábio. Não dê moleza mesmo”, escreveu Carvalho, em suas redes sociais.

Segundo o próprio Wajngarten, ele havia acabado de descer de um carro no bairro dos Jardins, na capital paulista, para uma visita aos seus pais. Um homem de moto, então, teria descido do veículo e anunciado um assalto, ao que o chefe da Secom teria reagido, sacado uma arma e iniciado uma perseguição a pé.

O suspeito foi rendido graças a uma rasteira dada por um pedestre que estava no local no momento da fuga. Assista o vídeo:

Victor Farinelli
Victor Farinelli
Jornalista formado pela Universidade Católica de Santos, há 15 anos é correspondente na Argentina (2004 e 2005) e no Chile (desde 2006).