Termômetro da direita na mídia, Estadão amplia críticas a governo Bolsonaro

Desta vez, o jornal destaca em editorial a "passividade" e "ingenuidade" de Bolsonaro em sua relação com o presidente americano Donald Trump

O jornal Estado de S.Paulo tem aumentado o tom com relação ao governo de Jair Bolsonaro. Neste domingo (1), o veículo conservador disse que a proclamada “nova política” de Bolsonaro, que angariou milhões de eleitores para que ele chegasse ao poder, não passa de “amadorismo“. Em outro texto, a jornalista Vera Magalhães afirmou em artigo que ouviu de um ministro que haverá “demissão coletiva” caso Jair Bolsonaro insista no “caminho do arbítrio”.

Nesta terça-feira (3), o editorial do Estadão voltou a atacar o governo de Bolsonaro. Desta vez, o foco das críticas foram as ameaças do “guia espiritual e modelo ideológico”, Donald Trump, que mencionou a criação de barreiras à importação de aço e alumínio. A postura de Bolsonaro com relação ao episódio irritou o jornal conservador.

“Mais uma vez o presidente brasileiro misturou o relacionamento pessoal – real ou imaginário – com assuntos de governo e projetos políticos. O presidente Donald Trump está obviamente movendo peças num jogo de seu interesse – e, até certo ponto, de interesse de segmentos da produção americana”, diz o texto.

No final, o texto chama o presidente brasileiro de “passivo” e despreparado. “É difícil dizer se a passividade de Bolsonaro diante de uma evidente agressão reflete seu despreparo em relação a questões de Estado, uma espantosa ingenuidade ou incompreensão do que se passa no cenário internacional. Ou será uma mistura de tudo isso?”, finaliza.

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR