O que o brasileiro pensa?
13 de julho de 2020, 07h51

Tio da primeira-dama Michelle Bolsonaro é preso por estupro de menor

Gilmar Firmo Ferreira é irmão do sargento João Batista Firmo Ferreira, outro tio da primeira-dama que ficou preso durante onze meses acusado de integrar milícia

Michelle Bolsonaro discursa em libras no Parlatório do Palácio do Planalto ao lado de Jair Bolsonaro (Foto: Agência Brasil)

Gilmar Firmo Ferreira, de 44 anos, tio materno da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, foragido da Justiça pelo crime de estupro de vulnerável, foi preso na noite desse sábado (11), em Taguatinga, por volta das 22h. A região é uma das mais pobres e violentas do Distrito Federal.

Gilmar é o irmão mais novo de Maria das Graças, mãe de Michelle Bolsonaro, e foi condenado em 2018 a 14 anos, 4 meses e 24 dias, em regime fechado, por estupro.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, a equipe recebeu denúncia anônima dizendo que o procurado estava no local. Os agentes foram até o endereço e pediram que uma das moradoras do imóvel chamasse o tio de Michelle. Após ele sair da residência, os policiais deram voz de prisão e conseguiram detê-lo.

De acordo com a denúncia registrada na delegacia, a vítima – uma criança na época – começou a sofrer abusos no ano 2000. Ele é casado com a tia da menina.

Irmão de miliciano

Outro tio de Michelle Bolsonaro, o primeiro-sargento da Polícia Militar, João Batista Firmo Ferreira, irmão de Gilmar Firmo, ficou preso durante 11 meses acusado de integrar milícia e atuar no parcelamento ilegal de terras no Setor Habitacional Sol Nascente.

João Batista foi solto, em abril deste ano, pela ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Laurita Vaz. A juíza, no entanto, impôs medidas cautelares, como o comparecimento periódico em juízo, a proibição de manter contato com os demais investigados e a suspensão do exercício de função pública.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum