Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
30 de janeiro de 2020, 10h46

Toma lá dá cá: Deputado diz que Bolsonaro entregou cargos e vai cobrar fatura

Otoni de Paula não quis dizer quais deputados serão cobrados: “Muita gente ali do centrão. Pega todo o centrão”

Bolsonaro e o deputado Otoni de Paula (Reprodução/Facebook)

O “dá cá” do governo, ou seja, a cobrança por apoio a deputados do centrão, deve começar pra valer já na semana que vem, na volta dos trabalhos do Legislativo.

O deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ), que é próximo ao presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido-RJ), disse ao GLOBO que “precisa ser cobrada a fatura” dos parlamentares que receberam cargos para apoiar as votações, mas acabaram não apoiando o governo nos momentos necessários.

A “cobrança” tem sido tocada por ele e pelo ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, ao longo deste mês e vai se intensificar no retorno do Congresso.

Diversos parlamentares que integram o chamado “centrão” conseguiram cargos para correligionários em ministérios ou na estrutura federal nos estados para apoiar o governo, mas nem sempre votaram alinhados com Bolsonaro.

“Esses cargos foram distribuídos pelos ministros, ou seja, pelos ministérios visando contemplar alguns deputados, certo? E para alguns correligionários, para que não se pense que alguns desses cargos foram para amigos fora do parlamento”, explicou Otoni.

O deputado, porém, não quis dizer quais deputados serão cobrados: “Muita gente ali do centrão. Pega todo o centrão”.

Para deixar bem claro, o deputado ainda completou: “O plano (para a recomposição da base) é a gente cobrar o que foi entregue a alguns deputados e depois eles não se consideraram da base. Precisa ser cobrada a fatura. Não pode receber o bônus e não ficar com o ônus. Eu que vou auxiliar ele (ministro) a cobrar a fatura”.

Com informações do Globo


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum