Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
05 de abril de 2019, 07h37

Dois menores são detidos após ato em que PM empurrou aluna da escola com arma em Guarulhos

Três adolescentes estão no 1º Distrito Policial de Guarulhos. "Quando questionei qual a fundamentação legal da prisão a resposta foi: a mensagem que eu devo passar a sociedade é essa", tuitou a deputada Isa Penna

Menores estão detidos no 1º DP de Guarulhos (Reprodução)

Reportagem atualizada às 12h27 com números de apreendidos

A deputada estadual Isa Penna (PSol/SP) denunciou em seu Twitter que dois alunos, menores de idade, que participaram de um protesto na escola estadual Frederico de Barros Brotero estão detidos no 1º Distrito Policial de Guarulhos. Durante o protesto, ocorrido na noite desta quinta-feira (4), um policial chegou a empurrar uma estudante com o cano de uma arma, que parecia uma espingarda calibre 12. Segundo apuração da Fórum, a delegacia informou inicialmente que eram três os estudantes, menores de idade, que foram detidos em flagrante. A Secretaria de Segurança Pública (SSP) de São Paulo, no entanto, confirmou em nota que são dois os apreendidos. O registro teria sido por ameaça, danos e vias de fato.

“Acabo de falar com o delegado da 1° DP de Guarulhos que agora detém dois menores de idade em razão de uma manifestação feita pelos estudantes. Quando questionei qual a fundamentação legal da prisão a resposta foi: “a mensagem que eu devo passar a sociedade é essa” @jdoriajr”, tuitou a deputada.

Segundo Isa, os menores são Kauã Alves e João Vitor. “Estão presos e a fundamentação legal do delegado é o ECA, justamente a lei feita para proteger a juventude. Esse é o governo de Bolsodória, autoritário e ineficiente”.

A deputada ainda disse que está tomando medidas contra o abuso policial. “Bolsodória, o direito a manifestação é garantido pela CF/88. Nossa mandata vai tomar as providências para que o abuso policial e em especifico do delegado, que sequer soube fundamentar a prisão em flagrante sejam investigados”.

O caso
Usando uma arma de cano longo, parecido com uma espingarda calibre 12, o policial empurra uma aluna da escola, que participava de uma manifestação. O caso aconteceu nesta quinta-feira (4).

O vídeo divulgado nas redes sociais mostra o momento em que a jovem tentou passar por uma área bloqueada pelos agentes e é empurrada por um deles por pelo menos duas vezes.

Segundo estudantes, o protesto tinha como objetivo cobrar melhorias para o colégio e a destituição do atual diretor, que desde o início do ano impede os alunos entrarem na segunda aula.

A manifestação foi realizada por alunos do turno noturno, a maioria além de estudar, trabalha, por isso tem dificuldades de chegar no horário.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum