sexta-feira, 25 set 2020
Publicidade

Trump não cumpre promessa que fez a Bolsonaro e nega entrada de carne brasileira nos EUA

O Brasil segue sem poder vender carne bovina para os Estados Unidos. Em uma de suas primeiras visitas internacionais, Jair Bolsonaro recebeu garantias de Donald Trump de que o país norte-americano abriria as portas para o produto brasileiro. Mas, assim como na promessa de entrada do país na OCDE, o governo dos EUA não cumpriu sua parte no acordo.

O governo Trump alega que a proibição foi tomada por questões técnicas. Os EUA não compram carne brasileira desde 2017, quando houve a operação Carne Fraca, da Polícia Federal, que investigava adulterações nos produtos bovinos produzidos no país.

A ministra da Agricultura, Teresa Cristina, irá aos Estados Unidos neste mês tenta conversar com membros da equipe de Trump para reverter a situação. Bolsonaro esperava que a suposta proximidade que tem com o presidente norte-americano ajudasse na liberação das exportações.

Concessões

Por outro lado, o Brasil já fez uma série de concessões para Trump. Em setembro, aumentou em 150 milhões de litros o limite para importação de etanol dos EUA com isenção de tarifa. Na área das comunicações, permitiu a mudança na lei da TV paga para permitir a compra da WarnerMedia pela gigante AT&T. O negócio envolveu 17 países e a União Europeia e só aguarda a aprovação das autoridades brasileiras para ser finalizado.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.