Fórumcast, o podcast da Fórum
08 de agosto de 2019, 13h52

TSE arquiva ação de Bolsonaro contra Haddad por propaganda irregular

A ação acusava o PT de ter realizado propaganda eleitoral irregular em veículo impresso da Paraíba, ligado administrativamente ao governo do estado

Fernando Haddad (Foto: Agência Brasil)

Os ministros do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) arquivaram nesta quinta-feira (8), por unanimidade, a ação movida pela campanha do então candidato à presidência, Jair Bolsonaro, contra o seu rival no segundo turno, Fernando Haddad (PT). A ação acusava o PT de ter realizado propaganda eleitoral irregular em veículo impresso da Paraíba, ligado administrativamente ao governo do estado.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

No entanto, o TSE avaliou que as reportagens publicadas não configuravam em propaganda política, mas que, se fosse o caso, também não teriam o poder de influenciar as eleições, pois o veículo tinha abrangência apenas local.

O corregedor do TSE, ministro Jorge Mussi, afirmou que “os conteúdos das reportagens impugnadas não revelam nítida intenção de denegrir a imagem do candidato Jair Bolsonaro, tampouco podem ser consideradas difamatórias ou inverídicas”. Mussi completou dizendo que “seria desarrazoado consentir que tais matérias tiveram força suficiente para desequilibrar a disputa em nível nacional”.

A campanha de Bolsonaro também é alvo três ações no TSE, todas apresentadas pelo PT. A principal delas é sobre suspeitas de compra de divulgações em massa pelo aplicativo WhatsApp para beneficiar a campanha bolsonarista. Os advogados do PSL negam qualquer irregularidade na campanha.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum