Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
26 de setembro de 2018, 22h37

TSE autoriza a utilização do slogan “Haddad é Lula” na propaganda do PT

Por 6 votos a 1, ministros rejeitaram uma representação apresentada pelo Partido Novo, questionando propagandas da coligação “O Povo Feliz de Novo”

Foto: Ricardo Stuckert

A campanha à presidência da República, da coligação “O Povo Feliz de Novo” (PT/PCdoB/PROS), vai poder utilizar o slogan “Haddad é Lula”. Por 6 votos a 1, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorizou, na noite desta quarta-feira (26), o uso da frase nas propagandas de Fernando Haddad.

Depois de analisarem, os ministros rejeitaram representação do Partido Novo, que questionou as propagandas da coligação. Eles, por fim, deliberaram que a assinatura “Haddad é Lula” não provoca nenhuma confusão entre os eleitores a respeito de quem é o candidato à presidência escolhido pela legenda.

O único que votou contra foi Sérgio Banhos, ministro e relator da matéria. Os outros seis votaram a favor do uso do slogan: Edson Fachin, que disse que “não se verifica no caso qualquer desinformação”, Alexandre de Moraes, Jorge Mussi, Og Fernandes, Tarcísio Vieira de Carvalho e Rosa Weber.

“A figura do apoiador vitaminado, hipertrofiado é ilícita? Não é. Gera confusão? Não gera. Fica muito claro que o candidato Haddad se socorre do ex-presidente Lula para obtenção de votos. Mas em momento algum aqui parece há tentativa de se ter Lula como candidato. Olha, eu sou o candidato do Lula. Em alguns locais Haddad é chamado de Andrade, mas é chamado de candidato do Lula. Não dizem que é vice de Lula. É escancarado que Haddad é o candidato do Lula”, afirmou Alexandre de Moraes.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum