Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
29 de novembro de 2019, 16h06

PF de Moro indicia Bivar e mais três membros do PSL por laranjal

Ação contra Luciano Bivar acontece exatamente dez dias depois de Jair Bolsonaro assinar desfiliação do PSL

Foto: Jair Bolsonaro e Luciano Bivar - Reprodução/Facebook

Poucos dias após o presidente Jair Bolsonaro deixar o PSL, a Polícia Federal, comandada pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro, indiciou nesta sexta-feira (29) o presidente nacional do partido, Luciano Bivar, e três candidatas que teriam concorrido como laranjas nas eleições de 2018.

Não é sócio Fórum? Quer ganhar 3 livros? Então clica aqui.

Segundo a FolhaBivar, Maria de Lourdes Paixão, Érika Santos e Mariana Nunes foram indiciados sob suspeita de falsidade ideológica eleitoral, apropriação indébita de recurso eleitoral e associação criminosa. No total, as penas podem chegar a 14 anos de cadeia.

O indiciamento acontece cerca de um mês após a PF abrir procedimento contra o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio (PSL), e dez dias após Jair Bolsonaro assinar desfiliação do PSL. O presidente se desentendeu com Bivar por conta da divisão do fundo eleitoral e pelo comando da legenda.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum