Valdemar da Costa Neto, figura lendária do Centrão, reaparece ao lado de Bolsonaro

O presidente do PL, condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, teve lugar de destaque na cerimônia de posse da nova ministra da Secretaria de Governo

Condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do mensalão, o ex-deputado Valdemar da Costa Neto, presidente do PL, participou nesta terça-feira (6) da posse da nova ministra da Secretaria de Governo, a deputada federal Flávia Arruda (PL-DF). A cerimônia, fechada à imprensa, foi realizada no Palácio do Planalto.

Costa Neto se sentou ao lado das principais autoridades presentes à solenidade: Jair Bolsonaro, o vice-presidente Hamilton Mourão, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e o ministro da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, que também tomou posse.

O presidente do PL já havia se encontrado com Bolsonaro, após a escolha de Flávia. De acordo com pessoas próximas a Costa Neto, foi uma visita de cortesia.

Indulto

O ex-deputado foi condenado a sete anos e dez meses de prisão. Depois de cumprir dois anos e meio da pena, em 2016, recebeu indulto do Supremo Tribunal Federal (STF).

A nomeação de Flávia Arruda foi mais um capítulo do processo de aproximação de Bolsonaro com o Centrão, bloco de partidos muito criticado pelo presidente durante a campanha eleitoral.

Com informações de O Globo

Avatar de Lucas Vasques

Lucas Vasques

Jornalista e redator da Revista Fórum.