O que o brasileiro pensa?
12 de fevereiro de 2020, 10h05

Varejo cai 0,01% em dezembro e contraria estimativas de crescimento de vendas de Natal

Nem mesmo o pagamento do 13º salário, a liberação do FGTS e as vendas de Natal foram suficientes para reverter o quadro negativo da economia, que se aprofundou em 2019 com a condução da política neoliberal de Paulo Guedes

Shopping vazio (Agência Brasil)

Nem mesmo o pagamento do 13º salário, a liberação do FGTS e as vendas de Natal foram suficientes para reverter o quadro negativo da economia, que se aprofundou em 2019 com a condução da política neoliberal de Paulo Guedes e Jair Bolsonaro.

Dados divulgados nesta quarta-feira (12) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revela uma queda de 0,01% nas vendas, em comparação com novembro, contrariando a previsão de leve alta de associações do comércio varejista.

Os dados do IBGE comprovam a fake news divulgada pela Associação dos Lojistas de Shopping (Alshop), que estimou alta de 9,5% no período, mas foi contestada pela Associação Brasileira dos Lojistas Satélites (Ablos), que ameaçou contestar os dados na Justiça.

No total, outras cinco das atividades restantes pesquisadas pelo IBGE no comércio varejista tiveram taxas negativas na passagem de novembro para dezembro.

Tiveram queda artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (2,0%); Tecidos, vestuário e calçados (1,0%); Equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (10,9%); Combustíveis e lubrificantes (0,4%) e Outros artigos de uso pessoal e doméstico (0,1%).


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum