Fórumcast, o podcast da Fórum
26 de julho de 2019, 15h02

Vaza Jato: Perícia aponta autenticidade em áudio vazado de Deltan Dallagnol

Parecer técnico do Instituto Brasileiro de Peritos, contratado pela Folha, aponta que é realmente de Dallaganol a voz de áudio em que o procurador aparece comemorando proibição de entrevista de Lula e que não houve corte ou adulteração no arquivo

Foto: Divulgação

Perícia contratada pela Folha de São Paulo para avaliar gravação de áudio em que Deltan Dallagnol aparece comemorando proibição de entrevista de Lula à jornalista Mônica Bergamo confirmou nesta sexta-feira (26) que o material é autêntico. A voz é de Dallagnol e não houve corte ou adulteração no arquivo.

Em parecer técnico, o Instituto Brasileiro de Peritos (IBP), empresa contratada para fazer a avaliação, aponta que não há vestígios de “descontinuidades ou eventos acústicos que indiquem a existência de cortes, inserções ou modificações no áudio”.

“Não há indícios de descontinuidades na expressividade da voz, ou seja, as falas do interlocutor observadas durante a análise do arquivo apresentaram coerência na evolução do ritmo, intensidade e entonação, não apresentando variações de velocidade, pitch, loudness ou súbitas interrupções e transições rápidas, que alterassem a coerência e a linearidade do discurso”, diz o relatório da perícia.

A perícia também avaliou, através de métodos de fonoaudiologia forenses, que a voz é do procurador do MPF. Para isso, foi feita uma comparação com uma entrevista ao jornalista argentino Hugo Alconada Mon sobre a Operação Lava Jato. Entre os pontos testados: padrões das vogais e consoantes, ritmo de fala, padrões de entonação, qualidade de voz, velocidade de fala e hábitos apresentados pelo falante, além de uma análise acústica.

“A aplicação dos diversos métodos próprios das áreas de fonoaudiologia forense indica semelhança nos parâmetros analisados entre a amostra de voz questionada e a amostra de voz padrão, o que indica que a amostra questionada é compatível com a voz e fala do Procurador da República Sr. Deltan Dallagnol”, concluiu o IBP.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum