sábado, 19 set 2020
Publicidade

Augusto Aras critica Lava Jato “Nutella” para senadores antes de sabatina

Indicado por Jair Bolsonaro para ocupar a Procuradoria-Geral da República (PGR), Augusto Aras, em seu périplo pelos gabinetes de senadores antes da sabatina, tem criticado o que chama de Lava Jato “Nutella”, referindo-se à “espetacularização” das investigações conduzidas pela força-tarefa. As informações são do blog de Andréia Sadi, no G1.

A crítica é dirigida especialmente ao grupo comandando por Deltan Dallagnol, em Curitiba, formado por procuradores mais jovens. Aras estaria dizendo que os procuradores “raiz”, mais experientes, não são ouvidos em investigações mais polêmicas e atrelou a isso os excessos e abusos cometidos pela Lava Jato.

Aras, que deve ser sabatinado no Senado no próximo dia 22 – deixando a PGR por cinco dias sem comando, já que Raquel Dodge entrega o cargo no dia 17 -, tem escalado para seu time procuradores conservadores, desagradando boa parte dos membros do Ministério Público Federal, que vê um aparelhamento do órgão por aliados de Jair Bolsonaro.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.