quinta-feira, 24 set 2020
Publicidade

Contra “bazófia de Moro”, Glenn Greenwald anuncia mais reportagens da Vaza Jato

Fundador do site The Intercept, o jornalista Glenn Greenwald foi às redes sociais na madrugada desta quinta-feira (25) e disse que pode divulgar ainda hoje mais reportagens da Vaza Jato como resposta para todas essas fofocas e distrações e a “bazófia do ministro da Justiça, Sergio Moro.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

“Nada muda as impropriedades de Moro e Deltan. Nossa resposta para todas essas fofocas e distrações hoje será simples: mais reportagens desse arquivo, em conjunto com nossos parceiros e com novos. As ações de Moro e Deltan foram obscurecidas hoje; não será para sempre”, tuitou o jornalista.

Leia também
Suposto hacker de Araraquara ofereceu material exclusivo para tuiteira de esquerda

Para Glenn, todas as “teorias da conspiração” divulgadas com a prisão de supostos hackers em Araraquara não alteram pontos chaves das reportagens da Vaza Jato.

“Todas as possíveis teorias da conspiração foram divulgadas hoje. Nenhuma alteração 3 pontos-chave: 1) Mesmo no Brasil de Bolsonaro, as evidências são necessárias para provar crimes; hashtags e tweets bazófia de Moro não são suficientes”, diz.

Para finalizar, Glenn relembra que casos mais importantes do jornalismo são feitos com fontes que ilegalmente obtêm informações.

“O jornalismo mais importante é freqüentemente feito com fontes que ilegalmente obtêm informações (veja “Papéis do Pentágono”) e todas as maneiras pelas quais jornalistas revelaram crimes de guerra nos EUA durante o Vietnã, Watergate e a Guerra ao Terror”.

Veja a sequência de tuítes de Glenn Greenwald

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.