Fórumcast, o podcast da Fórum
16 de agosto de 2019, 07h07

Em diálogo, Dallagnol sinaliza que sabia do acordo de Bolsonaro para indicar Moro ao STF

"Para ter contexto, qual o objetivo de falar com ele agora? Pedir o apoio dele quando for ministro do STF? rs", respondeu Dallagnol em conversa descontraída com Vladimir Aras quatro dias após o primeiro turno das eleições presidenciais, em 2018

Bolsonaro e Moro na posse presidencial (Foto: Presidência da República)

Em conversa descontraída com o colega Vladimir Aras pelo Telegram, quatro dias após o primeiro turno das eleições presidenciais, em outubro de 2018, o procurador Deltan Dallagnol, chefe da Lava Jato, sinalizou que sabia do acordo entre o pré-candidato Jair Bolsonaro e o então juiz, Sergio Moro, para indicar o magistrado à uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF) após ocupar um “superministério” da Justiça em seu possível governo.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Indagado por Aras se poderia falar com Sergio Moro sobre sua candidatura à PGR, Dallagnol responde: “Para ter contexto, qual o objetivo de falar com ele agora? Pedir o apoio dele quando for ministro do STF? rs”, respondeu Dallagnol, que atendeu o pedido do colega e iniciou, em plena campanha eleitoral, as articulações para a futura vaga na PGR. As informações foram reveladas em reportagem do Uol, em parceria com The Intercept, nesta sexta-feira (16).

Moro no STF
Eleito, em 12 de maio deste ano, em entrevista ao vivo ao jornalista Milton Neves, da Rádio Bandeirantes, Bolsonaro confirmou o acordo para alçar Moro ao STF.

“É um compromisso que tenho com ele”, afirmou Bolsonaro, ressaltando que Moro será indicado para a vaga do ministro Celso de Mello, que se aposenta este ano. “Será aplaudido pela nação”, completou.

No dia seguinte, Moro negou o acordo com Bolsonaro. “Não vou receber um convite para ser ministro estabelecendo condição sobre circunstâncias do futuro que não se pode controlar”, disse na ocasião.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum