Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
16 de agosto de 2019, 07h07

Em diálogo, Dallagnol sinaliza que sabia do acordo de Bolsonaro para indicar Moro ao STF

"Para ter contexto, qual o objetivo de falar com ele agora? Pedir o apoio dele quando for ministro do STF? rs", respondeu Dallagnol em conversa descontraída com Vladimir Aras quatro dias após o primeiro turno das eleições presidenciais, em 2018

Bolsonaro e Moro na posse presidencial (Foto: Presidência da República)

Em conversa descontraída com o colega Vladimir Aras pelo Telegram, quatro dias após o primeiro turno das eleições presidenciais, em outubro de 2018, o procurador Deltan Dallagnol, chefe da Lava Jato, sinalizou que sabia do acordo entre o pré-candidato Jair Bolsonaro e o então juiz, Sergio Moro, para indicar o magistrado à uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF) após ocupar um “superministério” da Justiça em seu possível governo.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Indagado por Aras se poderia falar com Sergio Moro sobre sua candidatura à PGR, Dallagnol responde: “Para ter contexto, qual o objetivo de falar com ele agora? Pedir o apoio dele quando for ministro do STF? rs”, respondeu Dallagnol, que atendeu o pedido do colega e iniciou, em plena campanha eleitoral, as articulações para a futura vaga na PGR. As informações foram reveladas em reportagem do Uol, em parceria com The Intercept, nesta sexta-feira (16).

Moro no STF
Eleito, em 12 de maio deste ano, em entrevista ao vivo ao jornalista Milton Neves, da Rádio Bandeirantes, Bolsonaro confirmou o acordo para alçar Moro ao STF.

“É um compromisso que tenho com ele”, afirmou Bolsonaro, ressaltando que Moro será indicado para a vaga do ministro Celso de Mello, que se aposenta este ano. “Será aplaudido pela nação”, completou.

No dia seguinte, Moro negou o acordo com Bolsonaro. “Não vou receber um convite para ser ministro estabelecendo condição sobre circunstâncias do futuro que não se pode controlar”, disse na ocasião.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum