Fórumcast, o podcast da Fórum
29 de julho de 2019, 08h03

Fantástico ignora conteúdo sobre Moro em reportagem sobre hackers de Araraquara

Leandro Demori, editor do site The Intercept, disse que TV Globo continua "brigando com os fatos jornalísticos mais relevantes"

Delgatti, por sua postura na cidade e nas redes sociais, tinha fama de "exibido" (Reprodução)

Em reportagem de 12 minutos exibida neste domingo (28) sobre o suposto grupo de hackers de Araraquara (SP), o programa Fantástico, da TV Globo, ignorou o grave conteúdo das conversas divulgadas na Vaza Jato e focou na história de Walter Delgatti Neto, o “Vermelho”.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Com destaque para as declarações de Vermelho, o programa mais uma vez deixou de avançar sobre o que diziam as mensagens trocadas entre Sérgio Moro e procuradores do MPF. Nas últimas edições, o Fantátisco também tentou fugir do tema, o abordando sem grande destaque e fora das pautas principais (saiba como Moro ajudou a eleger Bolsonaro em 2018).

Leandro Demori, editor do site The Intercept, criticou no Twitter a abordagem da revista da Globo. “Matéria do Fantástico sobre o hacker preso: nenhuma palavra sobre Moro, sobre destruição de provas, sobre palestra secreta de Deltan para banqueiros. Nada. Zero. Continuam brigando com os fatos jornalísticos mais relevantes”, tuitou.

O único trecho que apresenta as contradições de Sérgio Moro é quando o programa reporta o que foi levantado pelo The Intercept Brasil: “As conversas, mantidas no Telegram, mostrariam, segundo o site, que Moro não teria tido um comportamento isento como juiz da Lava Jato”. O programa, no entanto, não dá destaque para o fato de outros veículos também reportarem o caso, como a Veja e a Folha.

A trajetória de Walter Delgatti foi contada, com rápida menção à filiação ao DEM, e destaque para outros crimes virtuais promovidos por ele.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum