Fórumcast, o podcast da Fórum
30 de junho de 2019, 08h38

Integrantes do Conselho do Ministério Público querem reabrir investigação contra Dallagnol

Apuração sobre a conduta do procurador tinha sido arquivada pelo corregedor nacional do MP, Orlando Rochadel

Foto: Divulgação/CNMP

Membros do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) querem a todo custo recorrer da decisão tomada pelo corregedor do órgão de arquivar o pedido para apurar a conduta de Deltan Dallagnol, procurador e coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba. As informações são de Daniela Lima, da coluna Painel, da Folha de S.Paulo.

A investigação tinha sido um pedido de quatro integrantes do CNMP, depois dos vazamentos de mensagens entre procuradores e Sérgio Moro, divulgadas pelo The Intercept e Folha.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

A dúvida, no momento, é quando o recurso será apresentado ao plenário do colegiado. O mais provável, no entanto, é que a ação seja analisada somente em agosto, no retorno do recesso do Judiciário.

O objetivo é que a solicitação de revisão do arquivamento contra Dallagnol tenha como protagonista um dos integrantes do CNMP, cuja indicação cabe à Ordem dos Advogados do Brasil.

Orlando Rochadel, corregedor nacional do Ministério Público, arquivou a investigação contra Dallagnol na quinta-feira (27).


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum