Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
03 de agosto de 2019, 15h46

Investigações de Dallagnol sobre Toffoli podem reduzir equipe da Lava Jato

A renovação da força-tarefa é feita anualmente, no mês de setembro, mesmo período em que acaba o mandato da procuradora-geral da República, Raquel Dodge

Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados

As suspeitas de que Deltan Dallagnol estimulou investigações a respeito do ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), podem provocar a diminuição do tamanho da força-tarefa da Lava Jato.

A equipe conta atualmente com 15 procuradores. No auge das apurações, entre 2015 e 2016, eram 11, e uma equipe que, somada, chega a 70 servidores.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

A renovação da força-tarefa é feita anualmente, no mês de setembro, mesmo período em que acaba o mandato da procuradora-geral da República, Raquel Dodge.

Portanto, o futuro do grupo pode depender de quem for escolhido por Jair Bolsonaro para o comando da Procuradoria-Geral da República. Por isso, não há nada que assegure que o grupo continuará grande.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum