Fórumcast, o podcast da Fórum
06 de julho de 2019, 14h41

Pannunzio alerta que “Pavão Misterioso” ameaça Glenn Greenwald ao falar de hábito de rotina e marca de computador

Jornalista chamou a atenção para o fato de que o perfil "Pavão Misterioso", que tem divulgado prints de supostas conversas de David Miranda, Glenn Greenwald e Leandro Demori, expôs nas redes hábitos de rotina e marca do computador do jornalista norte-americano

Fabio: Reprodução/Band

O jornalista Fabio Pannunzio fez um alerta através de seu Twitter, na tarde deste sábado (6), sobre o que ele considera “seríssima ameaça” ao jornalista Glenn Greenwald. “Não sei se as mençōes a locais, marca de computador e a hábitos de rotina não devem ser entendidas como seríssimas ameaças”, escreveu.

Pannunzio se referiu, em seu tuíte, à divulgação que vem sendo feita pelo perfil “Pavão Misterioso”, página do Twitter conhecida por espalhar fake news e que seria controlada pelo vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ). O perfil em questão postou prints de supostas conversas entre Greenwald, seu marido David Miranda (PSOL-RJ), o ex-deputado Jean Wyllys e o jornalista Leandro Demori.

Em meio aos prints, a “Pavão Misterioso” fez ainda um tuíte expondo o endereço em que Greenwald faria, rotineiramente, a renovação de seu visto, e até mesmo a marca de seu notebook.

O jornalista norte-americano, responsável pelas matérias com conversas da Lava Jato que vem mostrando a parcialidade da operação, no entanto, não deu muita importância para as divulgações de prints feitas pela página.

“Como eu disse há algumas semanas é realmente insultante – quase ofensivo – que eles não consigam encontrar pessoas um pouco mais sofisticadas para criar essas falsificações para nos atacarem e, em vez disso, usar documentos forjados tão primitivos e ignorantes. É preguiçoso”, escreveu.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum