quarta-feira, 23 set 2020
Publicidade

Parlamentares do PT entram com ação de notícia-crime contra procuradores da Lava Jato

Deputados e senadores do Partido dos Trabalhadores entraram com uma ação de notícia-crime no Supremo Tribunal Federal (STF) contra os procuradores do Ministério Público Federal, Deltan Dallagnol e Roberson Pozzobon. Conversas entre os integrantes da Operação Lava Jato foram reveladas pelo site The Intercept Brasil, nas quais os dois planejam usar o prestígio junto à população para lucrarem financeiramente.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

Nas mensagens, Pozzobon e Dallagnol dizem que querem abrir uma empresa de palestras e eventos, mas que ficaria no nome das esposas para que não houvesse nenhum problema com a justiça. Dallagnol também pediu dinheiro para o então juiz Sérgio Moro para financiar um comercial de televisão sobre as dez medidas contra a corrupção.

Os parlamentares também entraram com ações no Conselho Nacional de Justiça, pedindo investigação sobre uso de recursos da 13ª Vara Federal para financiamento do vídeo e uma segunda no Conselho Nacional do Ministério Público. Nesta última, é pedida a adoção de medidas para identificar os financiadores do filme “A Lei é para Todos”, incluindo investigação sobre o uso de recursos da 13ª Vara Federal de Curitiba.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.