Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
06 de julho de 2019, 17h19

Datafolha revela que 58% da população considera conduta de Moro reprovável e defende revisão de penas

Números mostram que 58% dos entrevistados consideram atuação de Moro reprovável, e 31% a veem como adequada. Com relação à revisão das decisões de Moro, também há uma maioria de 58% entre os que acreditam que, uma vez comprovadas as irregularidades, as decisões deveriam ser revistas.

Sérgio Moro (Foto: Lula Marques)

O DataFolha publicou neste sábado (6) uma pesquisa sobre a percepção popular a respeito das revelações da série de reportagens Vaza Jato, do portal The Intercept Brasil.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Os números mostram que para 58% dos entrevistados a atuação do então juiz Sérgio Moro na Lava Jato foi reprovável. Contudo, 31% consideram que, apesar das revelações das últimas semanas, o trabalho de Moro continua sendo adequado. Outros 11% disseram não saber como avaliar a questão.

Com relação à revisão das decisões de Moro, também há uma maioria de 58% entre os que acreditam que, uma vez comprovadas as irregularidades, as decisões de Moro deveriam ser revistas. Porém, 30% opina que o combate à corrupção compensa eventuais excessos cometidos. No entanto, 54% das pessoas consideram que Moro deve continuar sendo ministro da Justiça, enquanto 38% acham que deveria sair do cargo.

Também chama a atenção o fato de que somente 63% disseram estar informados sobre as revelações da série de reportagens Vaza Jato, dos quais 23% se consideram bem informados, 32% mais ou menos e 8% se dizem mal informados, mas a par da situação. Portanto, 37% ainda não sabem nada sobre o caso.

Além disso, a condenação de Lula, principal sentença de Moro na Lava Jato, é vista como justa por 54% das pessoas pesquisadas, índice similar ao mostrado em abril. Porém, os que consideram a decisão injusta passaram de 40% para 42%. Também se destaca o fato de que a de prisão de Lula é vista como justa pelos de maior escolaridade e renda (62% dos com educação e 67% dos com acima de 10 salários mínimos), e injusta pelos com menor nível nos dois quesitos (51% entre os menos escolarizados e 49% entre os mais pobres).

A pesquisa também mostra uma queda na aprovação pessoal de Jair Bolsonaro, de 59% para 52%  (em comparação à pesquisa feita em abril pelo mesmo instituto).

A pesquisa do Datafolha foi realizada entre 4 e 5 de julho e escutou 2.086 entrevistados, de 130 cidades diferentes, com uma margem de erro de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum