Fórumcast, o podcast da Fórum
01 de agosto de 2019, 22h28

URGENTE: Alexandre de Moraes dá 48h para PF entregar arquivo de ‘hackers’ ao STF

Essa já é a segunda decisão do ministro do STF que vem como reação às novas revelações da Vaza Jato, que apontam que Dallagnol atuou, ao arrepio da lei, para investigar ministros da Corte

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, decidiu na noite desta quinta-feira (1) dar um prazo de 48 horas para que a Polícia Federal e o juiz Vallisney de Oliveira, da 10ª Vara Federal do DF, entreguem ao Supremo os arquivos dos supostos hackers presos na semana passada. As informações são da jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

A decisão tira o domínio das informações obtidas pelos supostos hackers da PF, subordinada do ministro Sérgio Moro, e do juiz de primeira instância. Moro, inclusive, queria destruir os arquivos apreendidos, que conteriam provas que o incriminaram, mas decisão também desta quinta-feira (1) do ministro Luiz Fux o impede de apagar o material.

Os arquivos apreendidos com os supostos hackers seriam a fonte das conversas que vêm sendo reveladas pelo The Intercept Brasil em parceria com outros veículos e que mostram uma postura ilegal de procuradores da Lava Jato e do ex-juiz Moro.

A decisão de Moraes de solicitar os arquivos vem no mesmo dia em que novos vazamentos apontaram que o procurador Deltan Dallagnol atuou para investigar o ministro Dias Toffoli como forma de retaliação por decisões que contrariaram os interesses da Lava Jato.

Antes, também como reação às novas revelações, Moraes determinou a suspensão de investigações da Receita Federal contra ministros da Corte.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum