Fórumcast, o podcast da Fórum
26 de setembro de 2019, 06h50

Véio da Havan entra na lista da Forbes como um dos maiores bilionários do planeta

O empresário fez campanha irregular, em 2018, a favor de Bolsonaro, o que lhe rendeu uma condenação no TSE

Foto: Reprodução/Twitter

Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, conhecido como o “Véio da Havan”, acaba de entrar para a lista de bilionários brasileiros elaborada pela revista “Forbes”. A lista, divulgada nesta quarta-feira (25), aponta Hang com uma fortuna estimada em R$ 8,26 bilhões, na 36ª posição.

Neste ano, ele apareceu pela primeira vez também no ranking mundial da revista, em março, na 1.057ª posição.

Dívidas

Em 1999, uma ação de busca e apreensão, determinada pela Procuradoria da República em Blumenau, resultou na autuação da Havan em R$ 117 milhões pela Receita Federal e em R$ 10 milhões pelo INSS.

Mesmo sendo a maior autuação da Receita na ocasião, a empresa fez um Refis (programa de refinanciamento de dívida) para pagar a dívida em suaves prestações.

A Procuradoria protestou e, em 2004, fez um cálculo que mostrava que caso fosse mantido o refinanciamento, o débito de R$ 168 milhões só seria quitado após 115 anos.

Campanha eleitoral irregular

O empresário fez campanha, em 2018, a favor do presidente Jair Bolsonaro (PSL-RJ), o que lhe rendeu uma condenação no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) de apenas R$ 2 mil por propaganda eleitoral irregular.

O empresário gravou um vídeo durante o período eleitoral em apoio ao então candidato dentro de uma loja da Havan e divulgou no Facebook. O local é considerado “bem de uso comum”, onde, segundo a decisão, é proibida a realização de propaganda eleitoral.

Hang também é acusado de ter estabelecido contratos de até R$ 12 milhões para efetuar milhões de disparos no WhatsApp contra Fernando Haddad, segundo reportagem da Folha.

A Havan

A rede comandada por Hang tem quase 130 lojas físicas em 17 estados com 16 mil funcionários. O faturamento foi de R$ 7 bilhões em 2018 e a companhia estimou um crescimento de 62% no primeiro semestre deste ano, segundo a “Forbes”.

Com informações do UOL

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum