sábado, 19 set 2020
Publicidade

Veja assume candidatura Huck e faz campanha com pesquisa sem credibilidade

A revista Veja, que se apresentava até o momento um tanto isenta para os seus padrões, publicou nesta sexta-feira (18), pesquisa precipitada e um tanto duvidosa, elaborada em parceria com a agência FSB.

No levantamento, o apresentador de TV Luciano Huck, que de acordo com a publicação não se coloca como candidato a presidente da República e não é filiado a nenhum partido, aparece em, ao menos, três cenários promissores de primeiro turno pesquisados, uma vez em terceiro e duas vezes empatado tecnicamente em segundo.

Em um eventual segundo turno, Huck empataria dentro da margem de erro com o presidente Jair Bolsonaro (PSL-RJ) e derrotaria o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT).

A revista lembra ainda que o apresentador é militante de movimentos de renovação política como o RenovaBR e o Agora! e tem participado de eventos onde a pauta é a discussão de problemas do país. Além disso, a última especulação é que ele iria para o Cidadania.

Lula, o melhor nome

A pesquisa afirma também que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é o melhor nome que a esquerda teria para a disputa. A revista faz questão de lembrar, no entanto, que Lula está inelegível e, de acordo com o levantamento, perderia para Bolsonaro.

 

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.